sexta-feira, 30 de outubro de 2009

DEUS ... PODEROSO.... GRANDIOSO!!!


D E U S ! .... Já parou para pensar na grandiosidade de Deus?
No amor de Deus?
No poderio de Deus?
Ouça a canção e acompanhe a letra e medite nela, deixe o Espirito Santo revelar a você a grandiosidade e onipotencia do Deus que servimos:

O nosso Deus não foi criado pelas mãos humanas
O nosso Deus não depende de algo que eu possa fazer
O nosso Deus não precisa crer em mim ou em você
Mas somos nós que precisamos crer
O Senhor é Deus desde o início dos tempos
Estava em Seu trono desceu e me salvou
E agora sempre que eu precisar sei que posso Te chamar
Pois no trono Tu estás
Somente Teu é o poder sobre os céus a terra e o mar
Somente a Tua voz faz a tempestade se acalmar
Somente a Ti daremos tudo que há em nós
Tu és Deus iremos Te adorar
Não mudará Não falhará Não se calará
Pois Tu és Deus
E não mudarás Não falhará Não se calará
Pois Tu és Deus

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

UM GRANDE AMOR

O que você faria? Depois de assistir ao vídeo muitos dirão ou pensarão como eu: "não faria o mesmo!"

Assista e compreenda o GRANDE AMOR INCONDICIONAL que Deus tem por nós.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

O DEUS DE ZAQUEU


Visitando o blog da querida Laura, li a mensagem a seguir e achei que deveria compartilhar com vocês. Que o Deus de Zaqueu nos dê sabedoria, graça, fé e perseverança para nos manter firmes nos propósitos de sermos cristãos verdadeiros. Clik no tema a seguir e pense nisso:
O Deus de Zaquel

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

DEUS CUIDA DE MIM!!

Minha oração de hoje: Senhor, cuida de mim, de meus pais, de meus filhos, de meu esposo, de minha tia Lydia..... Senhor, cuida de nós. !!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

UMA LINDA ORAÇÃO


Oração da Mulher Cristã:

Senhor, dá-me de Raquel a arte de fazer-me amar.

Dá-me de Joquebede o espírito de sacrifício e renúncia.

Dá-me de Débora, a solidariedade e o estímulo.

De, Rute dá-me a dedicação e a bondade.

De Ana, dá-me a fé a fibra para cumprir o voto.

Dá-me a astúcia de Mical, para usá-la no bem, não para o mal.

Como Abigail, faz-me mensageira da paz.

Como Ester, que eu seja desinteressada e altruísta.

Como Maria faz-me pura e humilde, e como Isabel, capaz de regozijar-me com o bem alheio.

De Marta, dá-me a disposição para o trabalho material e de Maria, o anseio espiritual.

Como Dorcas, a costureira que eu seja útil ao necessitado.

E como Lídia, a mulher hospedeira que eu abra a porta ao que chegar cansado.

Como a mulher samaritana, que eu corra a falar da salvação.

Senhor, tira de mim se houver :
A vontade de olhar para trás da mulher de Ló,

A preferência por um filho de Rebeca.

O desejo adúltero da mulher de Potifar.

A traição de Dalila.

A trama macabra de Herodias.

De Ti , Senhor, suplico a paz , a bênção e o perdão.

Amém!

(Extraído)

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Nos ultimos dias, tenho me voltado para dois temas: arrebatamento da Igreja e semelhança da Igreja com o "mundo". E hoje ao visitar o blog do Pastor Luciano,(http://www.blogdopastorluciano.blogspot.com/) li o que há dias vem fazendo eu pensar. Fiquei muito feliz porque precisamos de homens e mulheres ungidos por Deus para "abrir" nossos olhos, nos alertar sobre o mundo espiritual, sobre as coisas de Deus.

Ser "cristão" ou "evangélico" é fácil. Difícil é fazer a diferença. No livro Em seus Passos que Faria Jesus? narra as mudanças ocorridas quando um pastor desafia sua comunidade a praticar a fé em Jesus Cristo. À medida que aceita o desafio, coisas incríveis acontecem em sua vida e na vida dos que o rodeiam. A pergunta “o que Jesus faria em meu lugar” passa a orientar todas as ações desse grupo, causando uma reviravolta sem precedentes.

O que vejo hoje é que ser cristão para muitos é tão somente acreditar e crer em Deus. Mas ser cristão é muito mais que isso. É ser separado, é pensar e agir diferente. É ser o sal e a luz no mundo. E isso leva-me a pensar nos frutos do Espírito, as qualidades da verdadeira vida cristã: "Mas o fruto do espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fé, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei." Gálatas 5:22 e 23. Todos querem essas qualidades, mas elas são uma dádiva do Espírito Santo aos cristãos genuínos. Isso quer dizer que um compromisso com Cristo provoca mudanças e é de fato genuína quando faz diferença na pessoa e em seu estilo de vida. A começar por mim, estamos fazendo a diferença? Que tipo de cristão estamos sendo? Alguém que nasceu em uma família de tradição cristã e que por isso se considera cristão, porem não fequenta nenhuma igreja, nem tampouco lê a Bíblia ou ora frequentemente.? Ou que frequenta uma igreja religiosamente sem no entando ter um encontro real com Cristo? Ou ainda acredita em Jesus como filho de Deus e Salvador da humanidade, participa de uma Igreja, mas sem deixar que a mensagem salvadora de Cristo modifique a sua vida ou somos aquele cristão que recebeu Cristo como Senhor e Salvador da sua vida de fato, busca ao Senhor, tem experiências com Ele e O deixa transformar a sua vida diariamente?? Que tipo de cristão temos sido? Façamos a pergunta: O que faria Jesus? e avaliemos que vida cristã temos vivido. Que o Senhor nos dê sabedoria, nos dê graça, para que sejamos cristãos que fazem a diferença enquanto estivermos aqui na terra.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

SER CRIANÇA






Ontem foi comemorado o dia da criança. Não poderia deixar de escrever algo, pois no dia delas sou eu que ganho: minhas crianças, meus presente: Maysa e Vinícius.
Vinícius:
"Por que tenho que ir a escola todo dia?"
"Por que tenho que escovar os dentes todo dia?"
"Por que preciso fazer essa tarefa todo dia?"
Todos os porques tem no final "todo dia".... e é uma delícia poder respondê-lo, às vezes sem saber ao certo o que dizer para os "todos os dias" dele. Há perguntas "difíceis" e "por que, mamãe, você não sabe responder?"

Maysa:
"Mãe, posso ir na casa da amiguinha "tal" fazer uma atividade?"
"Mãe, ficou bom essa roupa?"
"Não quero, não posso, não vou...."
"Às vezes você é tão chata"!....
Minha menina, está, digamos, na pré adolescencia, é assim que ela se define. Não quer ser criança, mas também nem adulta. Sabe que está crescendo e com isso vem responsabilidades. Hummmm, como é complicado!!! Digo a ela que acho que pulei essa fase, não sei se por não ter acesso a tanta informação e tecnologia que tem agora ou porque as coisas eram mais fáceis. Mas o que importa pra mim é amar ser mãe dessas duas crianças lindas, maravilhosas que o Senhor me deu. É aprender com cada um uma coisinha diferente. A diferença de idade deles é de seis anos, então estou aprendendo junto com eles a ajustar as diferenças.

Meus filhos, parabéns pelo dia de vocês. Meu desejo é que vocês crescem em sabedoria e graça.
Amo vocês, como não podem imaginar!!!!!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

ORAR É UM PREVILEGIO

Desde que fomos salvos até nos encontrarmos com o Senhor, nossa vida deve ser permeada pela oração. A oração não demanda um lugar específico ou um horário determinado. Deus está sempre pronto para nos ouvir. Podemos orar em voz alta, em voz baixa ou sem emitir qualquer som. Podemos orar em pé, sentados, ajoelhados ou deitados. Podemos orar individual ou coletivamente. Podemos orar nos momentos de alegria ou de aflição. O local de oração onde nos encontramos com Deus é nosso espírito regenerado (João 4:23). O momento adequado para orar é "agora", a qualquer momento.

Orar nos leva à presença de Deus e nos consola, revigora, encoraja, confirma na fé. A oração nos capacita a resistir a Satanás e nos liberta de sua opressão. Em oração exercitamos o amor pelos irmãos e pelos que ainda não conhecem a Deus. Orando, deixamos toda nossa ansiedade nas mãos do Senhor (Filipenses 4:6-7; 1 Pedro 5:7), rendemo-nos a Ele e paramos de nos debater, tentando resolver nossos problemas por nós mesmos. A oração também é instrumento de louvor e ações de graças, por tudo que Deus é para nós. Nos momentos de intimidade com Deus, abrimos nosso coração a Ele e derramamos lágrimas de gratidão por Seu infinito amor e por Sua longanimidade para conosco. Falar com Deus e ser ouvido por Ele é um privilégio do qual não deveríamos abrir mão.
Contudo, apesar de todos esses benefícios, não são muitos os cristãos que têm uma vida saudável de oração. Muitos dizem que não sabem como orar, não sabem o que falar para Deus. Outros afirmam que, quando vão orar, logo seus pensamentos começam a passear e são distraídos de Deus. Outros ainda dizem que não oram porque sua fé é muito pequena. Para todos esses amados irmãos e irmãs, apresentamos uma arma poderosa que vence todos esses problemas: a Palavra de Deus. Todos precisamos aprender a "orar a Palavra" (Efésios 6:17-18). Quando for a Deus em oração, abra sua Bíblia no trecho de sua leitura diária e faça das palavras da Bíblia as palavras de sua oração.
Extraído

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

HAVERÁ TEMPO?

Muitas pessoas pensam assim: Acertar a vida com Cristo é assunto que eu posso resolver nos últimos minutos da minha vida. Todos os que assim pensam poderão se equivocar. Deus nunca disse: 'Espere 'até o fim da vida', ou: 'Espere até amanha'. A palavra de Deus é muito clara. Ela diz: 'Hoje, quando ouvirdes a sua voz não endureçais os vossos corações'. Nós nem sabemos se estaremos vivos nos próximos segundos ou até o termino da leitura deste texto. O salteador, ao lado de Cristo na cruz, ouviu o Senhor dizer: 'Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem'. Ele viu a coroa de espinhos na cabeça de Jesus, ele viu escrito sobre a cruz: 'O rei dos Judeus'. Pensou, então, consigo mesmo: Deve haver algo mais sério em tudo o que estou vendo. Até aquele momento ele tinha zombado de Cristo na cruz, e aí ouviu o Senhor dizer: 'Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem'. De repente, tudo aquilo que ele observara passou a mexer com a sua vida, a ponto de advertir o seu companheiro, outro prisioneiro. O salteador na cruz sabia que, em poucas horas, estaria morto. Apesar de ter cometido muitas injustiças, suplicou, então, e surpreendentemente, o Cristo na cruz lhe dá uma magnífica resposta: 'Ainda hoje estarás comigo no reino celestial'. Hoje é tempo de graça. Hoje é dia da salvação. Ou eu aceito a Cristo como o meu salvador, ou eu o rejeito. Não existe meio termo. Quantas pessoas morrem na praia da vida. Elas queriam, mas não tomaram a decisão em tempo. Portanto, aceite a Cristo. Ele perdoa, e ele dá a verdadeira felicidade. Ainda há tempo.
F. W.